top of page

Branding

I’m a paragraph. Double click me or click Edit Text, it's easy.

Read More >

Storytelling

I’m a paragraph. Double click me or click Edit Text, it's easy.

Read More >

DESIGN

I’m a paragraph. Double click me or click Edit Text, it's easy.

Read More >

Consulting

I’m a paragraph. Double click me or click Edit Text, it's easy.

Read More >

2001

A ONG Associação REGUA adquire seu CNPJ no 2° Cartório de Cachoeiras de Macacu.
Início dos trabalhos de Educação Ambiental nas escolas de entorno e programa Jovem Guarda em parceria com a Associação Mico-Leao-Dourado e apoio financeiro da CI ( Conservação Internacional).

2005-2008

Projeto de Reintrodução do Mutum-do-Sudeste (Crax blumenbachii) em parceria com a Crax Brasil, Universidade de São Carlos e financiamento da Wetlands Trust (Reino Unido).

2013

O INEA chancela a criação da 1a RPPN da REGUA (302 h)​ pelo Instituto IBIO com apoio da SOS Mata Atlântica.

2017-2019

É renovado o patrocínio da Petrobras Socioambiental. Inicia-se o projeto de Reintrodução de Antas (Tapirus terrestris) liderado pela equipe Refauna.
Inicia-se o projeto de Reintrodução de Jacutingas (Aburria jacutinga) liderado pela SAVE Brasil.
O INEA chancela a criação da 3a RPPN da REGUA na área conhecida como "João Paulo

2002

São contratados os primeiros guardas florestais.
Primeira aquisição de terras para integrar o patrimônio da REGUA. Criação do Parque Estadual Três Picos (PETP) sobrepondo áreas da REGUA.

2008

Participação no evento Avistar que atrai observadores de aves para a Baixada Fluminense.

2013-2016

Patrocínio da Petrobras Socioambiental ampliando a escala da restauração florestal e educação ambiental, sendo esta expandida para todo o município de Cachoeiras de Macacu.

2020-2022

Terceira fase do Projeto Guapiaçu. Suspensão das atividades devido ao
Covid.

2003

Aquisição da Fazenda São José com edificações adequadas para concentrar as atividades conservacionistas e atrair o público-alvo de observadores de aves.

2010

SOS Mata Atlântica financia a restauração florestal em áreas degradadas da REGUA.
​Com as reformas na infraestrutura da sede, REGUA começa a receber grupos de estudantes universitários e pesquisadores.

2014

REGUA recebe reconhecimento de Posto Avançado da Reserva da Biosfera Mata Atlântica.

2021

Aprovação do Plano de Manejo da REGUA. O INEA chancela a criação da 4° e 5° RPPN da REGUA. Parceria técnica-financeira com a WWF para a restauração de 20 hectares.

2004

Começo do projeto de restauração das áreas alagadas na Fazendas São José.
​Instituto Biomas elabora um levantamento faunístico evidenciando o bom estado de conservação da floresta.

2011

Iniciativa Verde financia a restauração florestal em áreas degradadas da REGUA.

2015

O INEA chancela a criação da 2a RPPN da REGUA (35,2 h) no bairro de Santa Maria.
1° OFF ( Observatório Florestal Fluminense) organizado pelo INEA e REGUA atraindo reflorestadores e um público interessado na restauração.

2022

Parceria com o Instituto Internacional para a Sustentabilidade (IIS) para o enriquecimento de uma área de 22 hectares e renovação da parceria técnico-financeira com a WWF.

2005

Convênio com MMA para a elaboração da Agenda 21 de Cachoeiras de Macacu.

2012

O sucesso da restauração florestal permite o financiamento do Mosaico Central Fluminense para ampliação do viveiro da REGUA.

2016

A Aliança para Clima, Comunidade e Biodiversidade aprova o reflorestamento de 100 hectares na culminância do projeto Guapiaçu Grande Vida (GGV), patrocinado pala Petrobrás.

2023

Início da parceria / patrocínio da Mitsubishi Corporation para as atividades de educação ambiental.

bbNaturezaGravidas 060.jpg
bottom of page